Ilha na cozinha
setembro 7, 2020

Ilha na cozinha: vantagens e desvantagens

Por Redação

Está pensando em construir ou decorar a sua cozinha, mas ainda não sabe como? Diante de tantas possibilidades modernas que nos levam a crer que estamos perdidos em um mar de sugestões, a ilha na cozinha ainda pode ser uma boa opção. O ideal é que você tenha bastante espaço a ser aproveitado e, consequentemente, uma sensação de amplitude para que não acabe ocorrendo o efeito oposto.

Então, se você ainda está estudando a possibilidade de decorar ou reformar a sua cozinha, já sabe que tem uma ideia a ser considerada. Veja, abaixo, as vantagens e desvantagens de inserir uma nova roupagem neste cômodo tão utilizado em nossas rotinas.

Ilha na cozinha: vantagens

Ilha na cozinha

A partir deste ponto, vamos analisar as características que nos levam a crer que, de fato, uma ilha na cozinha pode ser vantajosa. Leve em consideração todo o seu projeto para não acabar se decepcionando com o resultado final. Além disso, contrate um profissional especializado na área para que não haja dúvidas de adequação.

Bancada maior

A cozinha é um dos locais onde nós gostaríamos de nos sentir mais seguros, principalmente porque precisamos de concentração para, enfim, cozinhar. Muitas pessoas veem neste ambiente um local para relaxar ou simplesmente exercitar seus dons culinários. Por isso, quanto mais aconchegante melhor.

A bancada é o local onde colocamos a maior parte das coisas. Sejam potes com biscoitos ou uma fruteira, às vezes até preferimos decorar com outros objetos. Sendo assim, é mais do que comum que tenhamos vontade que ela seja um pouco maior. Desse modo, poderemos ampliar o espaço de mobilidade para executar da maneira correta a nossa receita.

A ilha na cozinha é ideal para te dar mais espaço na bancada. Ela acaba por te ajudar a não acabar se perdendo na hora de cortar legumes no mesmo momento em que precisa reunir mais alguns ingredientes. Por isso, vale à pena investir.

Espaço de arrumação a mais

Só quem está diariamente na cozinha, preparando alguma receita ou tentando inovar sabe o quanto é difícil conseguir reunir espaços para fazer a comida. A gente acaba se empolgando, colocando uma coisinha aqui e ali. Quando menos percebemos, já estamos com vários objetos e nem podemos mais acrescentar aquele item importante.

Por isso, para quem tem uma ilha na cozinha, um espaço de arrumação adicional é o mais importante. Se na estrutura do seu projeto algumas gavetas e armários forem adicionados, pode ter certeza que as complicações nunca mais irão acontecer quando o assunto é cozinhar.

Ilha na cozinha: refeições informais

Com a correria do dia a dia, nem sempre temos tanto tempo para nos sentar e fazer uma reunião de família. Por isso, se você está com pressa e sequer pensa em colocar os talheres na mesa, junto com os pratos e as outras peças, não precisa perder tempo.

O balcão da ilha já é o suficiente para que você tenha um espaço para refeição, ao mesmo tempo em que as prepara. Dessa maneira, você otimiza bastante espaço e ainda ganha um ambiente com ares modernos. Sendo assim, não há com o que se preocupar.

Espaço definido

Atualmente, com a modernização das casas, o ideal é que se aposte nos planos mais abertos. Por isso, quando temos uma ilha na cozinha, é possível estabelecer um maior contato entre as pessoas do cômodo. Pouco a pouco, vamos criando um ambiente de maior descontração, sem nenhum problema à vista.

Imagine o quão prático seria ter a sala de estar, a sala de jantar e a cozinha em um mesmo ambiente. Além de não precisar se deslocar por vários ambientes, ainda é possível criar uma maior conexão entre os proprietários e os convidados.

Ilha na cozinha: desvantagens

Ilha na cozinha

Assim como em todo bom projeto que começa de uma forma muito interessante, é possível que, no meio do caminho para a execução, você acabe por se deparar com pontos nem tão interessantes assim. Antes de executar uma ideia, avalie todos os seus pontos e decida se as desvantagens superam as vantagens.

Orçamento elevado

Se você está construindo ou reformando e não quer investir tanto dinheiro assim, a ilha na cozinha pode ser uma péssima ideia. Então, é interessante buscar saber um pouco mais a respeito. É compreensível que, em um primeiro momento, a empolgação fale mais alto do que qualquer outra coisa.

Para não acabar se perdendo nas contas, contrate um profissional que realmente entenda do assunto. Dessa maneira, vai ficar bem mais fácil de saber se o projeto realmente é necessário e cabe no seu bolso. Então, avalie o seu orçamento antes de mais nada.

Se você desejar algo semelhante, é possível reorganizar as ideias. Assim, você pode pedir ao seu consultor, ou quem está a frente da reforma/obra, para que ele fique ciente do seu desejo. Só assim será possível evitar prejuízos ou gastos que, de início, não estavam no seu planejamento.

Circulação

Muito embora a ilha na cozinha acabe por influenciar numa melhor recepção dos anfitriões para com seus convidados, é válido lembrar que a locomoção não é um dos pontos fortes. Se você quer ter uma dessas em casa, é bom que saiba que não vai ser tão fácil assim andar de um lado a outro.

Para quem gosta de cozinhar, este pode ser um detalhe bastante incômodo. Imagine ter que preparar mais de uma receita em um curto intervalo. Então, você precisará ficar dando voltar no balcão. Isso demanda tempo e, com toda a certeza, paciência.

Eletrodomésticos no ambiente

Muito embora uma cozinhe precise de muitos eletrodomésticos para funcionar corretamente, principalmente em uma era tão tecnológica, é possível que você acabe enfraquecendo o seu espaço. Um local cheio de utensílios pode se mostrar confuso, morto e sem nenhum tipo de vida. Isso também é válido para pessoas que prezam muito pela estética.

Além disso, inserir um fogão em sua ilha pode acabar trazendo sérios problemas de ventilação. Para quem já tem espaços reduzidos e com poucas janelas, definitivamente isso deve ser deixado de lado. Se você ainda assim quiser, é necessário comprar um exaustor, o que será sinônimo de mais gastos para você.